Método de Estudo Pomodoro - Como Funciona Passo a Passo

Escrito por Joice Rodrigues

Embora eu super recomende que você use o método de estudo Pomodoro para aprender, essa não é nem de longe a única utilidade dele.

O Método Podomoro foi criado pelo italiano Francesco Cirillo, no final dos anos 80, com o intuito de servir como um mecanismo eficiente para o gerenciamento do tempo gasto em tarefas que exigem foco, concentração e comprometimento.

Aprendendo com o Método Pomodoro de Estudo

Método de estudo pomodoro

Como dito anteriormente, é possível aplicar o Método Pomodoro em diversos tipos de tarefas além do próprio estudo.

Porém, como no Impulso Cognitivo priorizamos a aprendizagem, o Método compartilhado a seguir se trata de uma versão "2.0" - totalmente revisada, otimizada e atualizada especialmente para a máxima eficiência em tarefas de estudo.

Para aplicar as instruções do Método de Estudo Pomodoro 2.0, você precisará de:

  • Papel, caneta/lápis (para anotar o número do pomodoro)
  • Temporizador (para sinalizar o final do pomodoro)

Instrumentos em mãos, é hora de entender as etapas do processo:

  1. Escolha uma única tarefa de estudo que deverá ser concluída usando o Método Pomodoro.
  2. Anote essa tarefa no papel junto com o número da sessão que será iniciada (se é o primeiro pomodoro, anote "Pomodoro 1" ou "P1").
  3. Configure o cronômetro para 25 minutos.
  4. Ative a contagem do cronômetro e concentre-se na tarefa até ele tocar.
  5. Assim que ele tocar, marque o pomodoro como concluído (risque ou faça um X na frente dele).
  6. Faça uma pausa breve de 3 a 5 minutos para um intervalo de descanso. (Aproveite esse tempo para beber água, se alongar, etc.).
  7. Caso não tenha sido possível concluir a tarefa, repita o processo.
  8. Utilize os primeiros minutos de pomodoros posteriores para revisar o que foi visto nos anteriores.
Concentrar para estudar

Confira a seguir algumas recomendações adicionais simples, porém poderosas para potencializar o seu aprendizado.

Gerenciamento de Distrações 

É normal que durante pomodoros de estudo surjam na sua mente, preocupações referentes a outras tarefas pendentes.

Para evitar que esses pensamentos aleatórios prejudiquem a sua concentração nos estudos, anote-os no papel para lembrar de resolvê-los mais tarde. 

Gerenciamento de Tempo

Após uma sequência de 4 pomodoros (no mesmo dia), faça uma pausa um pouco mais longa, com duração média, de 20 a 30 minutos.

Administre melhor o tempo gasto nos seus estudos, observando o número de pomodoros necessários para concluir tarefas específicas, pois, assim você será capaz de definir prazos com mais precisão.

Por exemplo, sabendo que com 3 pomodoros (1 hora e 30 minutos - incluindo os intervalos), você escreve 2 páginas de dissertação, é possível estimar o tempo médio necessário para concluir 20 páginas de texto. 

E por último, mas não menos importante...

  • Apesar da duração padrão de um Pomodoro ser de 25 minutos, há certas tarefas que podem exigir mais ou menos tempo. Portanto, sinta-se livre para testar e adotar a estratégia que se encaixa melhor às suas condições de trabalho.
  • No caso de uma  tarefa complexa ou muito longa, considere dividi-la em etapas menores, passando de uma para outra de acordo com a ordem estabelecida e o andamento dos pomodoros.

A Técnica Pomodoro Realmente Funciona?

técnica pomodoro funciona

Agora que você já conhece o Método de Estudo Pomodoro e o passo a passo detalhado de como utilizá-lo, talvez esteja se perguntando se ele realmente funciona...

Pensando nisso, eu resolvi pontuar alguns aspectos interessantes relacionados ao Método Pomodoro para estudo, que explicam porque ele realmente funciona.

Lembrando que, isso não significa que todo mundo alcançará os mesmos resultados.

Logo, é importante testar primeiro antes de tirar qualquer tipo de conclusão, afinal, o melhor método é aquele que funciona com você.

1. Sensação de Recompensa Imediata

Estudos têm mostrado que o nosso cérebro simplesmente ama recompensas imediatas - geralmente causadas por hormônios estimulantes como endorfina, serotonina, dopamina e ocitocina.

Inclusive, é por isso que grande parte das pessoas recorrem à doces em momentos de ansiedade ou são fissuradas por jogos eletrônicos - pelo prazer imediato que atividades assim acabam gerando.

E, de forma semelhante,esse mecanismo acaba sendo ativado quando você marca uma sessão de estudo como concluída: a sensação agradável de dever cumprido é acionada, servindo como um estímulo para manter-se trabalhando.

2. O Poder do Ato de Anotar

Outro aspecto psicológico relacionado ao funcionamento do método de estudo Pomodoro, está no o ato de anotar tarefas pendentes para realizá-las depois.

Estudos mostram que o ato de anotar metas aumenta a possibilidade de elas serem cumpridas, pois ajuda quem as anotou a ter mais clareza, comprometimento e consciência do próprio progresso.

3. Alternância entre o Modo Focado e o Modo Difuso 

O terceiro e último aspecto psicológico/neurológico que notei no Método Pomodoro para estudo, foi a alternância entre o modo focado e o modo difuso.

  • Modo Focado: acontece quando nossa atenção está voltada a algo específico, como resolução de problemas.  
  • Modo Difuso: acontece quando estamos relaxados e distraídos, vagando por pensamentos aleatórios.

Essa alternância ocorre durante os intervalos sugeridos pelo criador da técnica pomodoro - Francesco Cirillo, e ela é extremamente importante para o surgimento de novas ideias, já que essa breve pausa permite que o seu cérebro entre no modo difuso e encontre soluções "escondidas" no subconsciente.

Além do Método de Estudo Pomodoro

Atenção! Conteúdo exclusivo para alunos de cursos e profissionais autodidatas.

Nesta apresentação online 100% gratuita, eu compartilho a simples estratégia de 3 passos práticos que utilizo para aprender qualquer assunto novo estudando com cursos e livros.

Preencha os campos abaixo para receber o seu link de acesso (100% grátis).

Fique tranquilo: jamais te enviarei spam e você é livre para sair quando quiser.

Referências de Pesquisa